RSS

O meu 11 de Setembro ou o Capitao América

11 set

Editorial
O meu 11 de setembro é todo dia quando me deparo com notícias, fotos e imagens da destruicao que estao deixando na África, principalmente no Chifre da África, com milhoes e milhoes de pessoas tangidas pela fome extrema, pela violencia das guerras intestinas provocadas pelo ocidente.

Pelos bombadeios contra populacoes civis no Oriente Médio, Ásia, América Latina, etc, tudo em nome de uma ganancia global, travestida de combate ao Terrorismo.

Pelos milhares de jovens negros assassinados pela polícia, milícias e outras máquinas cotidianas de matar negros no Brasil.

O meu 11 de setembro é a toda hora, quando me deparo com o sofrimento humano de milhoes e milhoes de mulheres refugiadas no mundo, cujo o futuro pode acabar numa vala profunda com milhares de outros corpos em nome da dita democracia ociedental branca e imperalista!

Lamento às vítimas dos acontecimentos em Nova Yorque há10 anos atrás. Mas meu lamento está além desse acontecimento do que as televisoes ocidentais estao chamando de “a maior tragédia da história da humanidade.”

Pelo menos ainda existem memórias alertas para lembrarem das milhoes de vítimas que o ocidente exterminou até agora, apartir desse 11 de setembro de 2001.

O meu Memorial nao está em New  York, mas nas fronteiras do Chifre da África ou numa aldeia indígena cercada por pistoleiros e latifundiários no Brasil.

Ras Adauto.

 
1 comentário

Publicado por em setembro 11, 2011 em Uncategorized

 

Uma resposta para “O meu 11 de Setembro ou o Capitao América

  1. DENILSON JOSÉ

    setembro 11, 2011 at 12:41 pm

    De qualquer forma só uma mente doente poderia pensar, calcular, escolher um lugar qualquer para jogar não uma, mas duas bombas atômicas, sabendo dos males que estas poderiam causar, mesmo estando uma guerra em curso. Até hoje a humanidade daqueles lugares ainda sofrem com os efeitos maléficos desses atos e não temos mais uma “guerra em curso”. As bombas Hiroshima e Nagasaki continuam sendo um atentado a humanidade de qualquer lugar.
    E ainda há quem pense que o de setembro é a pior das catástrofes.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: