RSS

Líder Suruí que levou o Google a aldeias indígenas denuncia sofrer ameaças de morte

15 set

A Ameaca  assinalada na terra Suruí

No dia 1° de setembro de 2011 publicamos aqui uma matéria sobre a continuacao do desmatamento na Amazonia. No corpo da matéria, falamos sobre o cacique Suruí Almir  Narayamoga, 35,  e seu projeto de iniciativa pioneira e efeciente. A utilização da internet para valorizar e divulgar a cultura de seu povo e combater o desmatamento ilegal na reserva indígena Sete de Setembro, em Rondônia, onde habita. O projeto foi encampado pelo Google e tem parceiros com Ogs Internacionais, como a Aquaverde e outras imporntantes, que dao sustentáculos ao projeto dos inidos Suruí na regiao.

Hoje alertados por uma comunicacao da Líder Indígena Eliane Potiguara, nas redes indígenas,  ficamos sabendo que o Cacique e ativista amazonico Almir Narayamoga vem sofrendo ameacas de mortes em sua reserva de Sete de Setembro. A Polícia Federal e outros órgaos competentes estao entrando no caso para dar protecao ao cacique e ao seu povo. Cabem à nós e as todas as organizacoes envolvidas com a causa indígena brasileira ficarmos alertas permanentes para que o Cacique Almir Suruí nao vire mais um número nas estatísticas dos assassinatos e violencia graves sofridas pelos líderes indígenas e seus povos e nacoes. E o governo da Presidenta Dilma deverá abrir maiores leques de coberturas e protecao às nacoes indígenas no país.

Foto: babeldasarts

Em 2009,  Almir Suruí,  ao lado da ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva , atuou na  Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas em Copenhague, na Dinamarca.  Depois foi a Londres, a convite de organizacoes nao governamentais e do Google apresentar o seu projeto de redes indígenas,  ligadas à internet , na regiao amazonica. Além de ter negociado com a Ong  AquAverde o projeto de reflorestamento de áreas florestais da reserva  Sete de Setembro.

Abaixo trecho da matéria publicada hoje no “Notícias UOL” e seu desdobramento no link colocado.

Para lembrar a matéria sobre o projeto de Almir Suruí que publicamos no dia 1° de Setembro, o link aqui:  PPABerlin – http://wp.me/ptXjx-fX

Ras Adauto – Movimento de Apoio às Nacoes Indígenas Brasileiras – Berlin/Kreuzberg

==================================================================

Líder que levou o Google a aldeias indígenas denuncia sofrer ameaças de morte

Pouco conhecido no Brasil, mas premiado internacionalmente por aliar tecnologia e tradição no combate a crimes ambientais em uma parceria inédita com o Google, o chefe indígena Almir Narayamoga Suruí foi incluído recentemente em um programa de proteção do governo federal após ser ameaçado de morte.

“Quero continuar vivo para defender meu povo”, diz líder indígena ameaçado

  • Arquivo PessoalAlmir Suruí decidiu aliar o arco e flecha às novas tecnologias para proteger suas terras e a integridade de seu povo.Reconhecido e premiado internacionalmente, o líder da tribo Suruí falou com o UOL Notícias sobre o sucesso de sua parceria com o gigante da internet Google, a falta de prioridade do governo com relação aos índios e as ameaças de morte que vem sofrendo por parte de madeireiros ilegais. Leia mais

Almir, 37, é líder dos índios suruís, que habitam as Terras Indígenas Sete de Setembro, uma área de aproximadamente 250 mil hectares, entre o sudeste de Rondônia e noroeste de Mato Grosso, que abriga unidades de conservação e cerca de 1.300 habitantes.

Leia a matéria completa em:  http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/09/15/lider-que-levou-o-google-a-aldeias-indigenas-denuncia-sofrer-ameacas-de-morte.jhtm

Vejam também:

Chief Almir Surui speaks at the Google Earth Outreach launch

Almir Suruí fala sobre o plano 50 anos do projeto de reflorestamento na reserva indígena Suruí.

 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 15, 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: