RSS

Lideranças indígenas de todo o Nordeste da Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo, estão hoje em reunião extraordinária

24 set

APOINME NO CAMINHO CERTO

Lideranças indígenas de todo o Nordeste que compõem a diretoria da APOIME, Articulação dos Povos e Organizações Indígenas do Nordeste, Minas Gerais e Espírito Santo, estão hoje em reunião extraordinária, dia 24 de setembro, em sua sede na cidade de Olinda – Pe., Os índios baianos estão representados por Luiz Titiah, Irajá Pataxó, Francisco Dipeta Tuxá e Uilton Tuxá que é seu coordenador Geral.

Luis Titiah, Edilene Payayá, Irajá Pataxó

A APOINME é a entidade geral dos índios que habitam duas vastas regiões brasileiras o Nordeste, e parte do Sudeste, ela  tem sequências de interferência junto aos poderes públicos sempre na defesa dos territórios indígenas, da educação diferenciada e de qualidade, da ecologia, fatores que  historicamente causam a desagregação dos povos indígenas na forma terrível e mais abrangente possível.

Uma das atuações marcantes e recente foi a defesa do Estatuto do Índio que está estacionado na pauta do Congresso Nacional; também  a atuação na luta contra a criminalização das lideranças indígenas, em especial quando da prisão arbitrária do Cacique Babau.

A existência da APOINME pouco tem sido reconhecida e sem visibilidade pública. Primeiro por ser uma entidade indígena e a mídia nunca teve bom apreço pela sua causa;  também pela pouca habilidade de relacionamento do índio com a imprensa; tem de ser levada em consideração que as atuações articulatórias da APOINME se dão na maioria delas em  gabinetes de advogados, nos tribunais, em agências como FUNAI, CIMI, ANAI, incluindo órgãos internacionais como a ONU e não nos teatros e nos carnavais.

O papel da entidade pouco a pouco vai sendo absorvida pelas suas co-irmãs estaduais e sub regionais. Este papel é esperado para o encontro deste fim de semana. A condução da APOINME como uma entidade forte, estrategicamente proposta, supra estadual, que vá para além das questões locais, mas que,  ao mesmo tempo esteja presente nas aldeias, nos estados que atua, nas demandas próprias das sociedades indígenas, estas são as decisões mais esperadas.

Finda a reunião da diretoria da APOINME em Olinda, os representantes da Bahia, terão oportunidade de se apresentarem entre 26 e 29, no encontro de caciques e entidade convocada pela Federação das Nações Indígenas Pataxó e Tupinambá do Extremo Sul, que ocorrerá em Salvador-Ba. Pela primeira vez no Estado, as entidades indígenas estaduais unidas – Conselho de Caciques, MUPOIBA, FORUMEIBA, COPIBA, estarão perante o governo estadual na busca de um entendimento formal e concreto para suas demandas.

A APOINME está sendo esperada neste encontro como mediadora, seus lideres se juntarão aos caciques aos coordenadores das entidades locais e aos índios em geral para este encontro que por outro lado estarão os secretários de estado e de agências de desenvolvimento.

A APOINME hoje mais suficiente mais madura certamente deve  contunar no papel que lhe designado nas lutas e nas questões indígenas, sem se deixar envolver em coisas menores, desgastantes às entidades e seus lideres mais confiáveis e combativos.

Daí a leitura e a nossa analise, depositamos confiança no movimento indígena, este é o objetivo, a APOINME está no caminho certo.

 

Juvenal Payayá

Cacique Payayá
http://www.juvenal.teodoro@uol.com.br
http://mais.uol.com.br/juvenalpayaya
https://twitter.com/Jpayaya

 

Foto: crunicap

__._,_.___
 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 24, 2011 em Uncategorized

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: