RSS

BERLIN Kreuzberg pegou fogo no sábado, apesar do frio!!!

28 nov
a bandeira do PKK (partido dos trabalhadores curdos)
Em BERLIN, como disse aqui outro dia, está uma geladeira, entre 2 a 5 graus na temperatura. Apesar dessa “onda quase pinguim”, sábado no meu bairro, o famoso Kreuzberg, a chapa esquentou demais. Cerca de 5.000 manifestantes entraram na porrada com o batalhao de choque da polícia nas ruas.A história foi o seguinte. A comunidade kurda, comandada pelo seu braco político, a organizacao PKK, tinha organizado uma passeata na “meca turca” de BERLIN, Kottbusser Tor, para protestar contra os últimos ataques sofridos pelos Kurdos na fronteira entre a Turquia e o Iraque. Como se sabe, os kurdos sofrem o mesmo tipo de opressao e violencia dos turcos como os Palestinos sofrem do Estado de Israel. Mas as autoridades de Seguranca de Berlin  proibiram a passeata, prevendo possíveis conflitos com a comunidade turca local.Paralelo a isso, os autonomos, jovens da extrema esquerda, organizaram uma demonstracao anti-neonazis no mesmo local no sábado, as 14 horas. O mote da manifestacao dos autonomos era »Staat und Nazis Hand in Hand – Gegen Faschismus und Polizeistaat« (Estado e Nazis de Maos dadas – contro o fascismo e o estado polical”). Isso era uma referencia ao escandalo que estourou aqui na Alemanha sobre uma série de assassinatos de migrantes e assaltos a bancos realizados por uma célula neo-nazis, que contava com o apoio e a logística de agentes da Inteligencia alema.

Pois bem, mesmo proibido, o PKK kurdo colocou o pessoal na rua, no mesmo momento em que os jovens extremistas da esquerda. As duas manifestacoes se fundiram e a pressao subiu rapidamente. E tomou proporcoes de luta campal, quando cerca de 2.000 policiais do “Anti-Konflit Beamten tentou dispersar a turba, visando principalmente as bandeiras curdas”. Foram bombas-de gás-lacrimogenio, spray pimenta contra paralelepípedos, garrafas, pau, ferro, etc. No auge do embate manifestantes kurdos irados depredaram algumas lojas e estabelecimentos turcos, enquanto os jovens extremistas da esquerda visavam os aparatos policiais.

Resultado: cerca de 90 políciais acabaram feridos nos hospitais, para outros tantos de manifestantes feridos também e outros tantos presos.

Eu acredito que essa brabeza ainda nao acabou e nos próximos dias, Kreuzberg deve assistir e novos combates em suas ruas……

uma “militante” do PKK
O PKK é listado como uma “organizaco terrorista internacional” por vários paises, incluindo os Estados Unidos e os países da Uniao Européia.

Ras Adauto.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: