RSS

Tres Notas de Berlin

20 fev

16665797_10155079231564066_3763034620128526063_o

Foto: Muhammed Lamin, Berlin

O Dilema entre a Deportação

A exposição etinerante do fotógrafo senegambio Muhammed Lamin, nosso parceiro nas ações do Refugee Exile Media – Remconnect, conta a história do movimento de asilantes africanxs que resistiram em 2012 com o Acampamento de Oranienplarz, em Kreuzberg.

Muhammed Lamin é um “tesmunha ocular da história”, pois fez parte dos moradores do acampamento e registrou todo o processo cotidiano, cultural e político do pessoal, até o seu incêndio e destruição por neonazis em 2013.

Hoje a mostra passou pela Werkstaat der Kulturen no encontro do REMconnect.

…………………………………………………………………………………………………………………..Os Jovens abandonados em Berlin.

O senado de Berlin está tomando medidas especiais, inclusive de aumento de verbas, para atender e acolher menores refugiados (até 17 anos), totalmente desacompanhados de suas famílias e que perambulam pelas ruas da capital.

A decisão foi tomada, depois de vários acontecimentos com jovens que foram presos por violências, roubos e venda de drogas nos parques e nas ruas. Como não tem saídas de sobrevivencias estao expostos, aliciados e explorados pelas várias máfias criminosas da capital.

Sao jovens que vieram no grande fluxo de asilantes que há dois anos aconteceu na Europa e a Alemanha recebeu cerca de hum milhão de pessoas.

Muitos desses jovens abandonados estão sem documentos e grande parte deles não passou pelos postos de registros do governo, que é o primeiro momento do processo de pedido de asilo no país.

A zona de Berlin, em que a maioria desses jovens circulam é em torno da estacão de metro Kottbusser Tor, em Kreuzberg.

Um dos pontos principais do plano é a cobertura de sobrevivência, moradia,atendimento médico e psicológico, orientação de trabalho e educação, principalmente. E só o ano passado a cobertura de 2.700 desses jovens custou ao senado e ao governo entre 100 à 200 milhões de euros. E cada vez mais estão chegando os jovens, da Síria, Iraque, Paquistao, Afganistao, em Berlin e perambulando pelas ruas.

Xs jovens das turmas que estamos trabalhando com “oficinas de educação e medias”, na escola Friedenauer Gemeinschaftsschule em Berlin-Schöneberg, são atendidxs dentro do projeto do Senado de Educação chamado “Wilkommen in Klasse” (Bem vindxs à Classe!). E alguns dessxs jovens foram abandonadxs ou se perderam das famílias nas fronteiras da Alemanha.

…………………………………………………………………………………………………………………..Bizarro Ocidental

Engraçado: os caras discutem em Munique não a segurança da paz internacional, mas a divisão entre eles dos espaços de conflitos e de guerras, com o bedelho da Otan. E o grande inimigo é o Estado Islâmico que eles mesmo criaram e alimentam.

Estão dividindo o mundo na Alemanha

Enquanto isso está acontecendo uma grande conferencia sobre segurança internacional em Munique, reunindo ministros do exterior das grandes potencias, a Rússia, a China, a União Européia e a OTAN.

O assunto é a divisão dos territórios internacionais com a presença de um novo personagem em cena: Donald Trump.

Ao mesmo tempo Angela Merkel foi prestar seu depoimento como testemunha no processo aberto pela Alta corte alemã sobre a agência de espionagem norte-americana NSA. de estar agindo no pais, com colaboração de agentes alemães, espionando sobre pontos sensíveis e altas autoridades alemães, inclusive Angela Merkel, durante o governo Obama.

E para coroar essas historias que já acontecem há dois dias, o sistema de segurança sensível e anti-terror veio com um papo que a Embaixada e mesquitas turcas eram centros de espionagem islâmica, usadas pelo governo turco . Vem merda por aí . Pois até agora a comunidade turca, maior povo migrante do país, não eram incomodados com suspeitas de terrorismo e e uma comunidade mais do que integrada e politicamente presente no espectro do parlamento alemão. Fora as contribuições e arrecadação que são grandes na economia alemã.

A Alemanha está fechando novos acordos estratégicos com a OTAN.

Fala-se num efeito e um risco Trump.

E por falar nisso, nem sei se o governo brasileiro está sabendo da conferência de Munique, que vai dar um novo mapa geopolítico e de poderes para os próximos anos.

negra panther

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: